Sunday, January 20, 2008

Brinquedo Adultil


Se eu fosse poeta
Viajaria na fantasia
Se eu fosse asceta
Viveria de poesia

Se poeta eu fosse
Guerra não existiria
Se eu tivesse posse
A miséria acabaria

Mas se eu fosse arquiteta
Projetaria uma pradaria
Uma humanidade reta e
A Natureza reinaria

by: Tania Montandon

2 comments:

Arthurius Maximus said...

Lindo poema. Esperança e sonho se fundindo perfeitamente.

Cristiano said...

Gostei do poema...ou o poema gostou de mim?

:-)